IV Seminario ONLINE “Musicoterapia em neurología, Paralisia cerebral y adaptações de instrumentos musicaes”

É imprescindível ser musicoterapeuta ou estudante de musicoterapia para realizar as aulas online, ao final do formulário você poderá anexar o comprovante.

 

Datas: 13 de NOVEMBRO e 4 de DEZEMBRO 2021

HORARIO: das 17h00 às 21h00 

O horário apresentado é HORA ESPANHOLA.

 

 

Os grupos serão pequenos, e o link será feito através da plataforma Zoom.

Por motivos de direitos de imagem e proteção de dados, o seminário não será gravado, é importante estar "presente" no momento da emisao .

SEMINARIO PORTUGUES.png

Programa del seminario:

 

 

INTEGRAÇÃO SENSORIAL e MUSICOTERAPIA

- Apresentação de  Musiadapta

- Conceito de integração sensorial

- Processo de Integração Sensorial

- Musicoterapia na Disfunção de Integração Sensorial

 

 SELEÇÃO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS DE ACORDO COM O PLANO DE TRATAMENTO MÚSICO-TERAPÊUTICO

- Tocar instrumentos terapeuticamente (TIM)

- Avaliação IMTAP

- Seleção de instrumentos musicais de acordo com os objetivos

 

 

 

 

TERAPIA MÚSICA NA PARALISE CEREBRAL

- O que é paralisia cerebral, causas, sinais, classificação

- Reflexos precoces / reflexos patológicos

- Principais abordagens terapêuticas na paralisia cerebral

- Articulação do musicoterapeuta em

equipamento terapêutico

 

ADAPTAÇÕES DE INSTRUMENTOS MUSICAIS EM TERAPIA MÚSICA

- Criação de uma sala de instrumentos musicais de Musiadapta

- Descrição das adaptações

- Processo de musicoterapia na paralisia cerebral

- Diferentes adaptações de instrumentos musicais

Sábado 13 de Novembro:

Sábado 4 de Dezembro:

img_0196 (1).jpg
5383f458-90fa-466f-9054-373bcf4a48a2.jpg

No MUSIADAPTA, existe a única sala de musicoterapia equipada com adaptações de instrumentos musicais. Essas adaptações tornam-se uma ferramenta de trabalho para musicoterapia, especialmente na sua aplicação em paralisia cerebral ou problemas neurológicos relacionados, ou naqueles que, devido à sua patologia, têm limitações nos movimentos corporais e que precisam de ajuda para realizá-las, não conseguindo ser independentes.

Seu uso favorece a participação de crianças e jovens com Paralisia Cerebral e / ou alterações sensório-motoras em sessões de musicoterapia, conseguindo, principalmente, proporcionar maior funcionalidade a seus movimentos, uma melhor integração grupal e nível de participação musical, o que, pela sua limitação de movimentos por causa da sua patologia, é difícil de alcançar.

Os instrumentos musicais no âmbito do tratamento musicoterápico expandem suas possibilidades como ferramenta de trabalho, para alcançar avances positivos a nível físico, emocional, cognitivo e social, em pessoas com paralisia cerebral e / ou problemas neurológicos relacionados.

É essencial que, atrás do mecanismo de adaptações, esteja a figura de um musicoterapeuta devidamente treinado, para que a atividade realizada seja uma sessão de musicoterapia e não uma simple atividade musical. 

Formadoras: 

img_0144.jpg
WhatsApp Image 2020-05-02 at 18.19.15.jp
WhatsApp Image 2020-05-02 at 18.19.15.jp